Necessários ou exagerados? Conheça os limites dos apelidos carinhosos

Os casais apaixonados adoram os apelidos carinhosos e românticos, mas alguns exageram.

Os apelidos carinhosos deixam a relação entre você e seu amor ainda mais romântica. Valorizando cada momento, o casal que curte estar junto quase sempre cria novos nomes para a intimidade. Confira alguns cuidados e veja como criar um apelido carinhoso característico para o seu amor.

Chamar o seu namorado de “amor” ajuda a evitar problemas. Foto: stockunlimited

Dicas para ter apelidos carinhosos

Bonitinhos e meigos, os apelidos carinhosos deixam a relação do casal mais romântica. Para evitar problemas e não passar vergonha, separamos algumas dicas para não exagerar. Veja quais são elas.

Tenha noção

Alguns apelidos são extremamente pessoais e não devem ser compartilhados em público. Não existe nada mais brega e constrangedor que ouvir alguém chamando o seu namorado ou marido de uma forma ousada e nada recatada na frente de amigos, ou até mesmo de desconhecidos.

Seja romântica

Apelidos como “amor”, “mor” e “mozão” são muito comuns. Chamando assim o seu namorado ou marido em locais públicos, algumas pessoas poderão virar para você achando que elas mesmas foram chamadas. Na hora de escolher os seus apelidos carinhosos, seja criativa e divertida.

Sem aquela vozinha

Tudo bem chamar o seu amor pelo apelido, mas fazer vozinha infantil é um exagero. Em locais lotados, além de chamar atenção, você estará constrangendo o seu parceiro. Lembre-se que o que é normal para você e ele pode soar extremamente estranho e desconfortável para quem está à volta.

Escolha os genéricos

No caso de estar no começo de um relacionamento, para não confundir o nome de seu parceiro, use os apelidos carinhosos normais, como “amor” ou “mô”. É importante ter o cuidado para não errar, já que isso pode causar desentendimentos e muita tristeza para o casal.

Como criar apelidos carinhosos

Considere as características físicas

Se o seu amor tem cabelos loiros, castanhos, é negro ou é bem branco, utilize essas características para chamá-lo. É sempre muito meigo chamar o seu namorado ou amigo dessa forma. Escolha as opções como “morena”, “loirinha”, “nego” ou “branquinho”. É uma forma de encontrar um modo mais pessoal de se referir à pessoa amada.

Avalie os gostos

Você e o seu namorado adoram algum programa e se identificam com um dos personagens? Que tal transformar isso em um apelido? Diferente, vocês terão uma marca registrada entre os dois. As dicas são “Ross e Rachel”, do seriado norte-americano Friends, e “Eduardo e Mônica”, da música da Legião Urbana.

Use o nome do seu amor

Se você não sabe qual apelido carinhoso usar, o que acha de inventar uma alcunha especial com o nome dele? Se o seu amor se chamar Fernando, por exemplo, você pode chamá-lo de “Nandinho”. Se a sua gata for “Camila”, você pode chamá-la de “Mila” ou “Cá”.

Dicas de apelidos

  • Amor
  • Mor
  • Gata
  • Gatão
  • Mozão
  • Mozinho
  • Linda
  • Lindão
  • Fofo
  • Rainha
  • Rei
  • Meu dengo
  • Paixão.

Gostou das dicas? Conte para nós qual é o apelido do seu amor! E não esqueça de  ficar por dentro de todas as novidades do Aroma de Cachos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *